Ainda não é membro? Cadastre-se agora.
Já tem cadastro no +QueReceitas? Faça seu login.
 

Aprofundamento Gastronômico

Os tipos de merengue

Por debora cordeiro

  Clique nas estrelas para votar

Conteúdo

Sem foto da receita

Merengue é a combinação de clara batida com açúcar cuja textura final vai depender da proporção de açúcar empregado. Quanto menos açúcar mais leve e mole ficará o merengue, quanto mais açúcar, mais firme ele ficará.


O merengue mais leve é utilizado em soufflés, cremes e mousses e o mais firme fica ótimo quando assado, com uma textura crocante por fora. Os merengues podem ser gratinados ou dourados (forno, maçarico ou salamandra).


Geralmente a quantidade de açúcar utilizado é o dobro da quantidade de claras no intuito de obter um merengue leve e aerado além de ser fundamental para estabilizar o merengue, pois sua adição retarda a formação de bolhas de ar. O açúcar deve ser adicionado aos poucos depois que as claras já tiverem aumentado em 4 vezes o seu volume.


Para auxiliar na estabilidade do merengue pode-se também adicionar um ácido que ajuda a alterar o pH da albumina (proteína que dá à clara a capacidade de espumar). O cremor de tártaro, ácido tartárico ou ácido cítrico (limão e laranja) devem ser adicionados em proporções adequadas para evitar o sabor residual no merengue. Podemos ainda adicionar uma pitada de sal para ajudar a intensificar o sabor.


Alguns cuidados devem ser tomados quando queremos produzir merengues com sucesso :

- A clara deve estar livre de resíduos de gema (gordura);

- Utensílios limpos e secos;

- Usar ovos em temperatura ambiente;

- O ponto de aeração não deve passar de brilhante e úmido ou as claras começam a se separar;

- Para secar ou assar um merengue, o forno deve estar em temperatura bem baixa (abaixo de 99ºC), pois o calor deve apenas evaporar a umidade das claras e não queimar o merengue;

- Quanto mais açúcar maior a durabilidade do merengue. Mas é importante produzi-lo momentos antes de ser empregado, com exceção do merengue italiano;

- Merengues assados devem ser armazenados somente depois de frios em recipientes bem fechados longe de umidade;

- Para dar cor ou sabor ao merengue use essências, corantes alimentícios acrescentados momentos antes de terminar de bater o merengue.


Existem 3 tipos de merengue:


Suíço – claras misturadas com açúcar e aquecidas em banho-maria até atingirem 50ºC (para derreter o açúcar) e depois são batidas na batedeira até esfriarem completamente. (100g de claras com 200g de açúcar refinado). Muito usado para decorar torta como a de limão.


Francês – merengue cru feito de claras batidas na batedeira com metade do açúcar até aumentarem 4 vezes seu volume, depois é acrescentado o restante do açúcar aos poucos. (50g de clara com 100g de açúcar refinado) Normalmente é assado, como suspiro, ou usado de base para bolos e recheios. Deve ser moldado assim que batido.


Italiano – é feita uma calda de açúcar com água (até atingir 115ºC) para pasteurizar e estabilizar o merengue. As claras são batidas na batedeira e esta calda é derramada aos poucos sobre elas, depois disso o merengue é batido até esfriar completamente. (100g de claras, 200g de açúcar refinado e 50ml de água). Esse merengue é o único que pode ser armazenado por algumas horas pois é mais estável e seguro, tem uma consistência mais firme devido à cocção do açúcar. Quando assado tende a ficar muito duro. O melhor dos três para ser aromatizado.


Existem ainda duas variações clássicas feitas apartir do merengue francês, o Merengue Japonês (adição de amêndoas moídas finamente com amido de milho) e o Merengue Noisette (adição de avelãs moídas finamente com essência de baunilha e amido de milho).

O autor desse texto recomenda o seguinte endereço externo http://chefdeboracordeiro.blogspot.com/

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro!

Veja todos

Outros Tópicos

Internautas compram mais comida pela internet

Por Natalí Alencar

  Clique nas estrelas para votar

Gastronomia de papel

Por Felipe Martinez Sanchez de Rojas

  Clique nas estrelas para votar

WORKSHOP: DOCES PRÁTICOS COM REQUINTE

Por MARCO LIMA

  Clique nas estrelas para votar

Veja todos

publicidade
Sobre Pesquisas de mercado Anuncie Contato Termos do serviço Política de privacidade Reportar abuso



Acompanhe-nos também: Twitter Orkut Facebook RSS

©2010 +QueReceitas. Todos os direitos reservados